20.4.09

TEN mandatory things you MUST do in Lisbon

Um dia, o Independent pedir-me-á um artigo sobre coisas a fazer em Lisboa para ter uma full Lisbon experience. Cá está ele, em estreia absoluta e inaugural (coisa fantástica uma estreia que é também um momento inaugural) para os meus leitores.

Na hora da despedida, publicam-se aqui sugestões para se sentir um verdadeiro alfacinha na sua estada na metrópole. Serão 10, mesmo que à sétima não se sugiram coisas alternativas/ free spirit/ fashion forward/ laugh-wise. É bem-dispostinho à humor Time Out, está bem? Pronto, aqui vamos nós. (Será uma ideia por post, para acalmarem aí os cavalinhos.)

1. Seja galada pelo Nuno Lopes.
Pode parecer estranho a nossa primeira sugestão ser esta, mas se for rapariga e morar em Lisboa, primeiro não sei porque raio está a ler este artigo; segundo sabe de certeza que é inevitável em algum ponto da sua vida ter sido galada pelo Nuno Lopes. O Nuno Lopes não faz cantada nem manda piropo à trolha, não. O Nuno Lopes não vem dançar corpo a corpo (OK também pode vir dançar se se cruzarem no Lux, mas provavelmente ele estará demasiado ocupado a encher a vista com t o d a s as raparigas que estão na pista para mexer o corpo em ritmo síncrono com o seu - aliás, por aqui desconfia-se que Nuno Lopes apenas desenvolva a actividade profissional de dj para poder ver meninas a dançar - nada contra, atenção.) O Nuno Lopes passou estes anos da sua vida a desenvolver, em paralelo com uma fulgurante carreira na representação e na noite, a actividade de olheiro. É com essa intenção que Nuno Lopes sai à rua, a de olhar. Esta sua capacidade está de tal forma trabalhada que o olhar de Nuno Lopes enquanto galante é um misto de Jack Nicholson no Shining com Jean-Paul Belmondo no À bout de souffle, uma certa dose de loucura com muita ternura envolvida. Nuno Lopes é um olhador de profissão, dê-se-lhe o mérito que merece após tanto trabalho.

Para ser galada por Nuno Lopes, não é muito difícil; deve:
Se é de Lisboa e frequenta o eixo Bica - Noobai - Lux, o Nuno Lopes já a conhece de vista. Esse é um dos méritos de Nuno Lopes nesta difícil actividade de olheiro, a memória fotográfica. Se é o seu caso, já foi galada por Nuno Lopes e pode parar de ler aqui.

Se não é de Lisboa, antes de mais nada seja bem-vinda a esta belíssima cidade. Cuidado com os túneis de acesso ao Metro, melhor: não os frequente de todo, corre o risco de se cruzar com carochos e ser assaltada. Em relação a Nuno Lopes, tem a desvantagem de ele nunca ter visto a sua cara. Não se alarme, temos um truque: adicione-o no Facebook, que ele aceita. Junte muitas fotos ao seu perfil, fotos interessantes, você em Berlim, junto à Vitória de Samotrácia - legenda "Asas do desejo", você em Trafalgar Square "Punk is not dead"/ "London calling"/ ou assim, coisas indie e cheias de referências pop-intelectuais. Nuno Lopes vai fazer uso da sua memória fotográfica e decorar o seu rosto. Entretanto, em Lisboa, passe a frequentar o eixo Bica (a qualquer hora do dia)/ Noobai (pela tarde)/ Lux (de madrugada). Vai seguramente cruzar-se com Nuno Lopes, logo esteja no seu melhor. Se for no Noobai, Nuno Lopes estará a ler, portanto faça uso de uma referência antiga ao seu trabalho (pelo amor de Deus, não use expressões d'O Chato), pode falar do Agostinho dos Riscos ou do 'chraaam do C.R.E.D.O., mas seja discreta. Não se esqueça que Nuno Lopes está ali para olhar, isto é, volta e meia levanta a cabeça do livro e olha em volta. Mais tarde ou mais cedo ele reparará em si. Deixe que a sua face ruboresça. Veja Nuno Lopes ficar instantaneamente interessado em si. Saia depressa antes que ele parta para a acção.

18 comments:

inominável said...

humm, experiência própria? :P

JORGE said...

já fui para a cama com o nuno lopes.

Anonymous said...

tu não tens vergonha disto que acabas de fazer? é monstruoso. mesmo que algum dia o nuno te tenha magoado, isto que acabas de fazer é escabroso... reles. falas de uma pessoa que, naturalmente, não conheces. que mesmo que alguma vez te possa ter "escaldado", não merece este tratamento de cadela ressabiada. porque, se não era o que pretendias, é o que estas a fazer. apontas alguém não só pessoalmente como profissionalmente. alguém cuja exposição pública não merece de todo este teu comportamento.tem vergonha. e se tens tanta virtude, trata das coisas pessoalmente...e não pelo teu blog pseudo-intelectual. pois aqui demonstras que a tua inteligência não vale mais do que um cano de esgoto.
outra coisa... cuidado com os telhados de vidro. a vida pode-te ensinar a engolir estas merdas de modo muito mais cruel do que aquele que estás a utilizar.

Anonymous said...

a anónima do andar de cima deve ter ficado chateada pelo facto, diga-se, de lamentar, que quem escreveu o post se esqueceu (terá sido de propósito?) de assinalar que o Nuno Lopes também frequenta o LxFactory, onde sorve a bom sorver uns sumos de beterraba e uva. compreendo a indignação. será que a vizinha aqui de cima é sócia do Lx? o que ela é de certeza, é amiga do nuno (note-se a familiaridade e letra minúscula no tratamento), ou então gostaria de ser, mas não consegue, porque é muito baixa. ou então tem 1,65m, superando em 2 cms o nunito, razão pela qual este prefere sair à rua acompanhado de uma DIF do que com a vizinha de cima.
adoro o "escaldado". lembra morangos, a série de verão, onde muito se abusou das palavras "entre aspas". a vizinha diz dâ-âââ?

m.b.m said...

Querida Joanie Bats.

Muitos parabéns pela sugestão.. é, sem dúvida alguma, a primeira coisa a fazer quando em Lisboa. O ensaio lisboeta não é o mesmo, nem está completo, sem a experiência Nuno Lopes.

Um beijo

P.S.: Caríssima 'anónima do andar de cima'. Deixou transparecer que quem tem telhados de vidro é a senhora (ou senhor, mas permita-me a ousadia de assumir que é pessoa do sexo feminino) e que, provavelmente, não conhecerá, a senhora, o sujeito de que aqui se fala.
Seja como for, não me parece que o post tenha sido, de modo algum, insultuoso. Até pelo contrário.

inominável said...

ui, porrada! o post não foi assim tão insultoso, como isso. até acho que o nuno lopes - vejam como uso o nome dele, só prova que não o conheço de lado nenhum - iria achar piada. é gajo para isso. siga para o segundo post, mas agora um unisexo...

Pedro said...

A mim parece-me que a anónima ali de cima de repente sentiu-se menos especial.

Anonymous said...

"Não foi assim tão insultoso" ????
Mas será que leram o mesmo que eu?
Uma pessoa que espalha isto pelo facebook de todos a dizer que faz questão que o Nuno (e ponho em letra grande para que não fiquem duvidas de que não o conheço) leia o que a dita cuja escreveu e que nos brinda com um post onde para além de afirmar que ele não faz outra coisa na vida a não ser engatar , que é melhor "sair depresssa antes que ela passe á acção", ainda perde tempo a expor o suposto (sabe Deus se verdadeiro) itenerário do próprio em Lisboa , esquecendo de que ele é uma figura pública e que provavelmente que estar o mais incognito possivel pelos sitios onde anda. E têm coragem de dizer que não é assim tão insultoso.
Têm razão não é insultoso, é só profundamente ESTUPIDO! E já que a sua autora resolveu ser estupida não venham agora pôr paninhos quentes e dizer que não foi assim tão mau.

Infelizmente tenho que concordar com o que a primeira anonima disse que usaste um " tratamento de cadela ressabiada" e como mulher devo-te dizer que fiquei não só chocada como de certa maneira ofendida.
O que infelizmente não escreveste no teu "pouco insultoso" discurso foi: porque é que o escreveste???
Foi porque o Nuno "olhou" para tí e para grande pena tua não fez mais que isso, ou de facto passou á "acção" mas infelizmente para tí não se desanvolveu numa relaçãp duradoura como sonhavas.
Duvido desta ultima hipotese porque é conhecido de todos o bom gosto do dito cujo, já de tí tendo essa lingua podre não duvido que se tivesses passado á acção nos descreverias ao pormenor tua noite.
És uma vergonha para as mulheres.
Ou como diria o próprio: "VAI MAS È TRABALHAR!"

Filomena

Anonymous said...

Não podia concordar mais Filomena.
Mas acho que a frase " Tu Queres é Aparecer" é mais adequada.

m.b.m said...

Não posso acreditar nos comentários destas senhoras.. oh meu Deus!! (tenho vontade de me rir!)

Joanie Bats said...

Os comentários destas senhoras, sendo escritos a sério, são inspiradores para mais 9 coisas a fazer em Lisboa, que incluam celebridadezinhas cá da praça. Mal sabem as senhoras que só queria chamar a atenção de NUNO LOPES (em maiúsculas, porque realmente não o conheço) para que nos conhecêssemos em tribunal, quando ele movesse um processo contra por mim por perjúria.

Joanie Bats said...

A fleuma que aqui vai. Dona Filomena, não posso explicar porque é que escrevi o post porque isso seria explicar a piada, certo? E não sou stalker do Nuno Lopes (não o conheço, daí as maiúsculas) logo se sei o percurso dele em Lisboa é porque me cruzo com o excelentíssimo actor na rua. Quer saber por onde andam as outras celebridades com que me cruzo todas as semanas? Posso fazer um post sobre isso. Nº 2 PERSIGA CELEBRIDADES MAS NÃO AS MATE PORQUE DEPOIS ME CULPAM A MIM.

Vá e agora siga que não há mais nada para ver aqui.

Vítor Junqueira said...

Never be rude to an Arab,
An Israeli or Saudi or Jew.
Never be rude to an Irishman
No matter what you do.

Never pull fun at a nigger,
A spic or a wop or a kraut,
And never poke fun at a


BOOOOOOOM
(escrevi BOOOOOOOM em caixa alta, mas nunca conheci nenhum BOOOOOOOM pessoalmente. POOOOOOOM talvez, agora BOOOOOOOOM não.)

Joana dos Espíritos said...

Quero mais, Joana! Mais!

EQ said...

Meu Deus!! Isto é o delírio!!! :) :)

Vamos passar ao ponto 2?? Que mais é absolutamente obrigatório fazer em Lisboa? Estou cá há pouco tempo, há que retirar da experiência o que de melhor ela tem para oferecer!

Anonymous said...

este blog está cheio de referências pop-intelectuais...

Andreia Maduro said...

Joana ta lindo este post! E tens toda a razão naquilo q escreveste, afinal foram muitas as tardes passadas nas esplanadas em lx! Beijoooooo
P.S. a anónima q escreveu aquele post é louca, ha tratamento para este tipo de patologias!!!

Sofia said...

Adorei o post, muito sentido de humor!!!

Não sei porque o Nuno haveria de ficar ofendido, se ele o faz sabe disso e não deve ter problemas com isso. a autora do post não teceu comentários sobre o comportamento, apenas o explicou. A interpretação depois é de cada um, o rapaz se calhar gosta de ser assim e há com certeza meninas que adorarão o desafio (ou o romance passageiro, visto que há quem prefira assim e o rapaz até é bem jeitoso!).